Articulação

Fóruns e Seminários

Criamos oportunidades para a disseminação de conhecimento e troca de experiências entre diversos atores de múltiplas áreas de conhecimento. Conheça alguns dos nossos encontros:

Lançamento eduLab21

O Instituto Ayrton Senna lançou, em maio de 2015, o eduLab21, um laboratório de inovação dedicado à produção e disseminação de conhecimento científico para a melhoria da qualidade da educação pública no Brasil.

Constituído por uma rede multidisciplinar de parceiros ao redor do mundo, o eduLab21 conta com duas frentes de atuação, além das cátedras Instituto Ayrton Senna no Insper (SP), coordenada pelo economista-chefe do Instituto, Ricardo Paes de Barros, e na Universidade de Ghent (Bélgica), coordenada pelo psicólogo Filip de Fruyt.

Os pesquisadores e gestores envolvidos na iniciativa buscam conhecimentos sobre quais são, como se desenvolvem e como se avaliam as competências socioemocionais. Esses conhecimentos serão sistematizados em bases de referências para pessoas interessadas no tema, e disseminados por iniciativas como seminários, encontros e cooperação técnica.

Saiba mais 

Fórum sobre educação integral no ensino médio

O Fórum Desafios do Ensino Médio, promovido pela Secretaria de Estado de Educação do Rio de Janeiro (SEEDUC-RJ), pelo Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed) e pelo Instituto Ayrton Senna, foi realizado em maio de 2015 no Rio de Janeiro para discutir o panorama do ensino médio em diversas regiões do Brasil e as iniciativas que buscam responder aos seus principais desafios.

Secretários de Educação de diversos Estados participaram de palestras e mesas de debate para compartilhar experiências sobre o tema e visões sobre como a educação integral pode auxiliar no engajamento dos jovens com a escola e na formação de estudantes protagonistas, mais preparados para a vida no século 21.

Saiba mais

Simpósio internacional de ciência para educação

Aproximar cientistas e educadores foi um dos objetivos do primeiro Simpósio Internacional de Ciência para Educação, realizado no Rio de Janeiro em julho de 2015. O evento teve apresentações de mais de 20 pesquisadores brasileiros e internacionais, com atuação nas diversas áreas do conhecimento, para compartilhar achados científicos a respeito de como ocorre o processo de aprendizagem. Os debates indicaram que estudos só terão relevância se forem realizados ou utilizados em parceria com os educadores que têm o conhecimento do cotidiano escolar e das necessidades reais da escola.

O Simpósio foi organizado pela Rede Nacional de Ciência para Educação, fundada em 2014 com o objetivo de incentivar a atuação conjunta de pesquisadores e educadores. O Instituto Ayrton Senna é apoiador e membro do Conselho de Governança da rede CpE, coordenada pelo pesquisador Roberto Lent.

Saiba mais

Seminário Desenvolvimento integral com base em evidência

1º Seminário eduLab21 – Desenvolvimento Integral com Base em Evidência, organizado pelo Instituto Ayrton Senna, em parceria com o Insper e a Universidade de Ghent (Bélgica), ocorreu em novembro de 2015, em São Paulo, com objetivo de discutir o que é preciso oferecer aos estudantes da Educação Básica para que tenham oportunidade de se desenvolver plenamente. O evento contou com participação de representantes de organismos internacionais, como a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO) e a Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE).

Compartilhando diferentes evidências reunidas por pesquisadores, os participantes destacaram a necessidade de apoiar os sistemas educativos a construírem e implementarem políticas públicas e práticas de ensino que deem conta de unir o desenvolvimento cognitivo ao socioemocional.

Saiba mais

Scratch Oscar para alunos de letramento em programação

Estudantes do projeto de Letramento em Programação do Instituto Ayrton Senna em Itatiba (SP), participaram do Scratch Oscar em novembro de 2015, uma premiação idealizada pelo Instituto em parceria com a Universidade São Francisco e a Secretaria Municipal de Educação de Itatiba.

No evento, os alunos apresentaram o resultado final das aulas, com projetos realizados em grupo no formato de jogos e histórias animadas utilizando a ferramenta Scratch, que é uma linguagem de programação com fim educacional criada em 2003 pelo MIT (Instituto de Tecnologia de Massachusetts, nos Estados Unidos). Após a apresentação de cada grupo, em formato de feira de ciências, foram destacados os projetos de maior desenvolvimento em cinco categorias, além de valorizados os relatos de colaboração, criatividade e comunicação que os estudantes demonstraram.

Saiba mais

Fórum Internacional de Políticas Públicas

Realizado conjuntamente pelo Ministério da Educação (MEC), pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) e pelo Instituto Ayrton Senna , o Fórum reuniu líderes educacionais de todo o mundo para discutir como preparar as crianças e jovens para os desafios socioeconômicos do século 21

Saiba mais

Competências socioemocionais em Políticas Públicas

Com objetivo de apoiar secretários de Educação de diversos municípios e Estados do País, o Instituto realizou o primeiro Workshop de Competências Socioemocionais em Políticas Públicas. No evento, a secretária de Educação de Ottawa (Canadá), Jennifer Adams, e especialistas nacionais apresentaram um panorama sobre a importância desse campo para a formação de estudantes do século 21 e algumas práticas de sucesso com potencial para serem replicadas nos diferentes contextos brasileiros. Na ocasião, foi criada a primeira “Rede de Cooperação em Educação para o Século 21, que contou com adesão de 20 redes de ensino no Brasil.

Saiba mais

Seminário Educação para o Século 21

Realizado em parceria com a Secretaria de Assuntos Estratégicos (SAE) da Presidência da República e a UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura), o evento reuniu gestores públicos, educadores, pesquisadores, empresas, ONGs e organismos multilaterais para ampliar o debate sobre a melhoria da qualidade da educação pública no Brasil e contribuir para a formulação de uma educação mais ampla, integral e plena.

Saiba mais

Continue lendo