Notícias

Neuroeducao-Alunos de professores treinados em estratgias cognitivas tm melhor desempenho em testes
Alunos de professores treinados em “estratégias cognitivas” têm melhor desempenho em testes de leitura e escrita

13 de abril de 2017

Educadores com conhecimento de indicações da ciência sobre aprendizagem podem fazer toda a diferença. É o que mostra um estudo publicado na Journal of Educational Psychology. Pesquisadores compararam dois grupos de professores do ensino médio de escolas na cidade de Anaheim, no mesmo estado. O primeiro grupo participou do Pathway Project – um treinamento de 46 horas em estratégias cognitivas para facilitar a aprendizagem em leitura e escrita. O outro permaneceu como grupo de controle. Alunos de educadores treinados mostraram melhor desempenho na prova de redação do California High School Exit Exam, criado pelos pesquisadores para avaliar as habilidades de interpretar e produzir textos complexos. Criado por Carol Booth Olson, professora da Escola de Educação da Universidade da Califórnia e líder do estudo, o Pathway Project capacita os professores a desenvolver atividades que trabalham um leque de habilidades relacionadas à leitura e à escrita – resumir, fazer inferências, interpretar, tirar conclusões, avaliar, revisar e refletir. “Os alunos são incentivados a pensar em si mesmos como artesãos que têm acesso a um kit de ferramentas mentais para construir significados a partir de, ou com, palavras”, explica Olson. A autora publicou on-line um artigo, de acesso grátis, no qual explica em detalhes as estratégias aplicadas.

Ver todas as notícias

Cadastre-se e receba notícias e novidades do Instituto Ayrton Senna