Notícias

Educadores-de-SC-iniciam-formação-em-curso-online
Educadores de SC iniciam formação em curso online oferecido pelo Instituto Ayrton Senna

13 de abril de 2017

Com o apoio da tecnologia, cerca de 250 educadores da rede estadual de Santa Catarina iniciaram nesta semana uma nova etapa da formação oferecida pelo Instituto Ayrton Senna. O curso na modalidade EaD faz parte da implantação da proposta de Educação Integral no Tempo Integral para o Ensino Médio, desenvolvida em parceria com a rede de ensino catarinense e iniciada este ano. A proposta prevê ações de formação de gestores escolares e regionais, formadores da Secretaria de Educação e professores, mesclando momentos presenciais e a distância.

Desde 2016, os educadores vêm participando de formações presenciais para melhor compreender a proposta e também para receber apoio no planejamento de suas atividades ao longo do ano letivo. A etapa online para professores visa apoiar o desenvolvimento da proposta por meio de estratégias de mediação a distância. No caso dos coordenadores, o curso também permitirá a reflexão e o compartilhamento de práticas de realização de reuniões pedagógicas, bem como o acompanhamento da implementação do programa nas unidades parceiras, com foco na formação continuada e em serviço das equipes escolares. Já os formadores da Secretaria de Educação poderão, ao longo do curso, diagnosticar as potencialidades desses processos formativos, além de contar com um espaço destinado especialmente à troca de boas práticas, relatos de experiências e materiais para embasar futuras formações.

“A EaD possibilita flexibilidade para os profissionais acessarem os conteúdos de acordo com sua disponibilidade, garantido maior carga-horária de formação”, afirma Maria Carolina Paseto, gerente de projetos na área de Desenvolvimento de Soluções Educacionais do Instituto Ayrton Senna. A especialista destaca que o curso é realizado em um ambiente virtual de EaD desenvolvido pela própria Secretaria de Educação de Santa Catarina e já conhecido dos educadores da rede. “É interessante pois se trata de uma construção conjunta, que oferece sustentabilidade para a proposta e permite a apropriação do trabalho pela rede de ensino”.

De acordo com a gerente de projetos, outra vantagem do curso a distância é a possibilidade de acompanhamento do ritmo e do rumo das ações da proposta, garantindo alinhamento durante o processo de implementação. “O curso permite endereçar questões específicas de cada área do conhecimento e também oferece um retorno dos agentes técnicos quase instantâneo através fóruns virtuais”, completa.

Comunidade online

Um dos grandes diferenciais da formação EaD é a criação de uma comunidade de práticas e de desenvolvimento profissional, na qual os professores poderão compartilhar suas experiências em sala de aula com educadores das demais escolas espalhadas pelo Estado. A comunicação constante entre formadores e participantes possibilitará retorno imediato às dúvidas e questões práticas de desenvolvimento, ajudando a engajar os participantes.

“Esse é o primeiro momento que estamos com esse grupo no ambiente online, mas esperamos que o espaço sirva para a troca entre os educadores das escolas que integram a proposta, pensando nesse espaço como um ambiente de troca, reflexão sobre a prática e desenvolvimento enquanto professores. Estamos muito animados com esse processo”, explica Maria Carolina.

Outro destaque do ambiente online é a abertura para que gestores de escola participem como observadores das formações voltadas aos docentes, abrindo um espaço para que tópicos estudados no espaço virtual sejam levados para as escolas, em seus momentos de trabalho pedagógico com os professores.

A formação através da EaD será realizada em quatro etapas ao longo deste ano, sendo que cada uma delas tem quatro semanas de duração. As próximas fases acontecerão nos meses de junho, setembro e novembro. Ao mesmo tempo, os educadores continuarão participando de encontros presenciais, que serão intercalados com os momentos virtuais, de modo a oferecer embasamento máximo para que todos sintam-se seguros em colocar em prática as atividades previstas.

A proposta

A proposta de Educação Integral no Tempo Integral para o Ensino Médio é uma iniciativa do Instituto Ayrton Senna em parceria com o Instituto Natura que vem sendo desenvolvida em 15 escolas da rede estadual de Santa Catarina após ser adaptada, em parceria com a secretaria de Educação, para a realidade do Estado.

O objetivo é dar novo sentido para a educação nessa etapa da vida escolar e, ao ensinar com excelência os conteúdos das disciplinas tradicionais (português, matemática, história, geografia etc.), desenvolver também valores e competências essenciais para o sucesso na vida pessoal e profissional. Essa formação é a oportunidade de concluir o Ensino Médio com qualidade e conquistar empregos mais exigentes, com maiores possibilidades de crescimento e realizações. Para isso, todas as aulas e projetos estimulam a criação, a participação ativa e a colaboração.

Conheça mais sobre a proposta de Ensino Médio Integral.

 

Tags: Educação,

Ver todas as notícias

Cadastre-se e receba notícias e novidades do Instituto Ayrton Senna